Entre em Contato

(31) 2526-2700

Contabilidade Digital

Conheça os Plano

Imposto de Renda de Pessoa Física: dúvidas comuns

Quem precisa declarar o Imposto de Renda?

Nem todos os contribuintes são obrigados a entregar a declaração de imposto de renda. Existem critérios pré-determinados que ajudam a identificar se você precisa entregar seu imposto.

Segundo o site da Receita Federal, as pessoas obrigadas a declararem são:

02. Contribuintes que tiveram rendimentos não tributáveis acima de R$ 40.000,00. Rendimentos não tributáveis são aqueles que não geram nem lucro, nem valor líquido, sendo assim não precisa pagar imposto;

03. Para os trabalhadores do campo é obrigatório fazer a declaração do imposto de caso, caso o rendimento anual bruto de renda rural acima de R$ 128.308,50;

04. Contribuintes que investiram qualquer valor em bolsas de valores, mercado de capitais ou similares;

05. Contribuintes com imóvel ou terrenos em suas posses, com valor superior a R$ 300 mil;

06. Trabalhadores que optarem pela isenção de imposto de renda sobre o valor da venda de imóveis, desde que esse seja usado para a compra de outro imóvel em território nacional no prazo de 180 dias.

Qual o valor mínimo para declaração de Imposto de Renda?

Contribuintes que receberam, no ano de 2017, rendimentos tributáveis que totalizaram mais de R$ 28.559,70, ou seja, trabalhadores, aposentados ou pensionistas com renda mensal com valor de mais de R$ 1.903,98 mensal;

Como é cobrado o Imposto de Renda de pessoa física?

O Imposto de Renda para Pessoa Física incide sobre a renda e os proventos de contribuintes que residam no Brasil ou no exterior e recebam fontes monetárias do país.

As porcentagens variam conforme a renda de cada contribuinte, porém os que não alcançarem o limite estabelecido não são obrigados a fazer a declaração anual.

Como fazer a declaração do Imposto de Renda de pessoa física?

A declaração deve conter tudo o que a pessoa ganhou no ano anterior, ou seja, salários, aposentadoria, rendimentos de aluguel, investimentos.

Em um segundo momento é preciso enumerar despesas que irão ser abatidas na declaração e reduzir o valor dos impostos pagos – são as chamadas “deduções do IR”. Por exemplo:

  • Plano de saúde
  • Dependentes (no valor máximo de R$ 2.275,08 por dependente)
  • Educação (escola e faculdade, no valor máximo de R$ 3.561,50 por dependente)
  • Contribuição à Previdência Social (sem limites)
  • Contribuição à Previdência Privada (que correspondam a até 12% da renda tributável).

Todos os valores citados devem ser exatamente iguais aos informados nos comprovantes de rendimentos e de pagamentos.

O que acontece com quem não paga imposto de renda?

A não entrega da declaração de Imposto de Renda à Receita Federal dentro do prazo estipulado (30 de abril de 2019) resulta em pagamento de multa que aumenta conforme o passar dos dias excedidos.

Caso tenha algum problema para fazer sua declaração busque ajuda profissional de um contador ou uma assessoria de contabilidade e garanta sua integridade junto à Receita federal.

1 comentário até agora

Como declarar Imposto de Renda em 2019 | Abra Contábil – Serviços ContábeisPublicado em 2:07 pm - abr 25, 2019

[…] todas as pessoas precisam fazer a declaração. Mas se você estiver em dúvida, a ABRA CONTÁBIL  elaborou este post com as informações sobre […]

Deixe uma resposta

WhatsApp chat