Entre em Contato

(31) 2526-2700

Contabilidade Digital

Conheça os Planos

Saiba como gerir as finanças do seu negócio em tempos de crise

Por melhor desempenho que uma empresa apresente, nenhuma está imune aos tempos de crises. Eles acontecem por diversos fatores que gerem incertezas econômicas, como vem acontecendo com a crise da pandemia do Coronavírus (Covid-19). Mas, é preciso saber como reverter esse e outros quadros, pois há anos o Brasil já vive uma crise econômica.

Isso é possível através de uma gestão financeira, minuciosa e precisa. Para empresários de micro e pequenas empresas, esse levantamento é ainda mais importante. Nesse artigo, você vai descobrir como preservar os seus negócios através do controle e do planejamento financeiro.

Quais os principais controles financeiros?

Para desempenhar bem o seu papel, é preciso que o gestor conheça bem a sua empresa ou busque por respostas financeiras específicas. Assim, o primeiro componente de uma gestão é o controle financeiro. Esse mecanismo permite a tomada de decisões, embasada em números e dados seguros.

Além disso, controla encargos e obrigações já existentes em um negócio, mas também evita novos custos. Conforme dados do Sebrae, para garantir a sustentabilidade de uma empresa, leva-se em conta:

  • Número em vendas mensal;
  • Investimento em produtos para repor estoque/serviços;
  • Lucro da empresa;
  • Melhores formas de pagamento de insumos;
  • Montante que sobrará em caixa no fim do mês.

Ter um balanço e um quadro de anotações é fundamental, inclusive antes de qualquer crise ocorrer. Deve-se levar em consideração: Fluxo de caixa, controle de caixa, controle bancário, controle de contas a receber, controle de contas a pagar e controle de estoques

Quais informações o controle financeiro responde sobre a empresa?

Através do controle, diferentes indicadores e dados são obtidos para análise. Conforme o Sebrae, é possível fazer um levantamento de:

  • Projeção de vendas e prazos de recebimentos.
  • Projeção das compras e prazos de pagamento.
  • Projeção do valor do caixa da empresa referente às vendas realizadas
  • Pagamentos aos fornecedores e de despesas operacionais mensais.
  • Disponibilidades financeiras e necessidades de capital de giro para período atual e futuro.
  • Montante das contas de clientes já vencidas e tempo de atraso.
  • Necessidade de compras e reposição de estoques.

Quais benefícios a empresa tem com a prática de controles financeiros?

Em resumo, o controle financeiro oportuniza um negócio com mais domínio, segurança e tranquilidade durante sua gestão. Mas, a melhor parte é que esse controle permite antecipar decisões e criar planos de ações diversos. Ou seja, no final, o controle financeiro evita prejuízos agravantes.

 Como fazer planejamento financeiro?

Com base no controle financeiro, outra parte da gestão é elaborar um planejamento financeiro. Nele, quatro pontos são importantes: Planejar, fazer, checar e agir. Assim, as metas implementadas conforme o controle financeiro deverão sair do papel. Depois, o gestor checa e qualifica os resultados e, se necessário, realiza as alterações do plano.

Contrate uma contabilidade

Apesar de empreendedor você não domina bem a contabilidade? Então, para a segurança do seu negócio, contrate um profissional contábil! Entre em contato com a Abra Contábil e tire todas as suas dúvidas.

Deixe uma resposta