Entre em Contato

(31) 2526-2700

Contabilidade Digital

Conheça os Plano

Como saber se a empresa é lucro real ou presumido?

Você sabe realmente quanto sua empresa fatura anualmente?

Sabe quanto paga de impostos todos os anos?

Por mais incrível que pareça, muitos empresários não conhecem esses valores, nem mesmo superficialmente, e essa informação é essencial para quem quer fazer seu negócio crescer de forma sustentável.

Porque ter conhecimento sobre esses números pode te mostrar se o enquadramento da sua empresa está correto, e isso por sua vez pode representar uma redução de custos considerável para que você possa investir no crescimento da empresa.

Veja a seguir mais informações sobre como saber se a empresa é lucro real ou presumido, os regimes de tributação disponíveis e outras informações importantes para o seu negócio.

O que é o enquadramento tributário de uma empresa?

O enquadramento tributário de uma empresa é a classificação que ela recebe, e através da qual são calculadas as alíquotas referentes aos impostos que todas as empresas devem recolher.

Quais os tipos de regime de tributação?

Atualmente no Brasil existem quatro tipos de regime de tributação, e agora vamos abordar cada um deles para que você entenda a diferença entre os regimes.

Simples Nacional

Esse é, sem dúvida, o tipo de regime tributário mais conhecido e divulgado em todo o Brasil, afinal é a opção de regime adotada por muitas empresas em todo o país.

O Simples Nacional foi criado com o objetivo de facilitar a vida do micro e pequeno empresário, centralizando o pagamento de vários impostos em um único documento.

É através do pagamento do DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) que o micro e pequenos empresários fazem o recolhimento de impostos como:

  • INSS;
  • PIS;
  • COFINS;
  • IRPJ;
  • ICMS;
  • IPI;
  • ISS.

Para ser enquadrada como optante do Simples Nacional, a sua empresa precisa registrar faturamento anual máximo de R$ 360.000,00, caso seja Microempresa (ME).

Já empresas classificadas como empresa de pequeno porte (EPP), devem observar o teto de faturamento anual de R$ 4.800.000,00 para se manterem enquadradas no Simples Nacional.

Além disso, o microempreendedor individual também é optante do Simples Nacional, com limite de faturamento estabelecido em R$ 81.000,00.

Porém, ao contrário das MEs e das EPPs, que podem optar ou não por esse regime de tributação, o MEI não conta com essa opção.

Lucro Presumido

O lucro presumido é um regime de tributação mais simples, que fica entre o Simples Nacional e o Lucro Real.

Nesse regime, a tributação segue tabela que indica um percentual sobre as vendas realizadas, o que o torna uma opção válida para muitos negócios.

Apesar de ser um regime voltado para empresas de pequeno porte, existem alguns casos que impossibilitam a opção pelo lucro presumido.

São eles:

  • Empresas que possuem capital vindo do exterior;
  • Empresas que possuem benefícios fiscais;
  • Empresas com faturamento anual acima de R$ 78.000.000,00;
  • Bancos, corretoras, financeiras e outras empresas do setor financeiro.

Lucro Real

O regime do Lucro Real é o mais complexo para o empresário, já que envolve um processo burocrático muito maior, mas teoricamente é o regime mais justo, já que o imposto é cobrado sobre a renda efetiva, e não sobre uma projeção, como ocorre no lucro presumido.

Algumas empresas são obrigadas a adotar o lucro real como regime de tributação, como por exemplo:

  • Bancos e instituições financeiras;
  • Empresas do agronegócio;
  • Empresas que recebem capital do exterior;
  • Empresas que possuem benefícios fiscais.

Como saber se a empresa é lucro real ou presumido?

O primeiro passo para saber se a sua empresa está enquadrada no lucro presumido ou no lucro real, é o seu faturamento anual.

Caso esse valor seja superior a R$ 78.000.000,00, ocorre o desenquadramento, e a empresa passa para o regime do lucro real.

Além disso, os fatores mencionados anteriormente que excluem a empresa do regime de lucro presumido também obrigam a empresa a adotar o lucro real.

Caso você ainda tenha dúvidas sobre os regimes de tributação, e qual o ideal para a sua empresa, entre em contato agora mesmo com nossa Central de Atendimento para mais informações.

Deixe uma resposta